No momento em que estamos tranquilos, felizes, e acomodados nas experiências de vontade não queremos novas soluções, é a pressão que nos faz repensar para os novos conhecimentos.

Então, o nervosismo é um fator importante para que o raciocínio se desenrole em fases ainda maiores de se acostumar e capacidade também para enfrentar, sendo essas, as causas positivas deste êxito.

Com os pequenos também acontece da mesma forma, elas se desenvolverão a capacidade de raciocinar de conseguirem perceber que as suas atitudes criam consequências, e esse saber através da experiência põe a necessidade que a criança tenha experiências completas, com inicio, metade e encerramento.

Responsáveis muito cautelosos tem a tendência a atrapalhar esse desenvolvimento mesmo na inocência que criam um sentimento de dependência na criança.

Como as crianças irá evoluir se seus responsáveis não ve que eles podem se livrar dos problemas diários, que estão acostumados a ter tristezas e são inteligentes e fortes o suficiente para obter revolvimento do caso?

Se você quer saber mais sobre psicologia em Sorocaba veja em nosso site!

A vantagem que o nervosismo pode criar

O nervosismo de não ser o mandante da festa da escola, por não ter assinado um gol em um evento de futebol, por não ter a capacidade de andar de bicicleta sem rodas auxiliadoras, por não saber escrever, ou ler, e entre diversar outras funções que fazem parte da aprendizagem, são maravilhosas chances de ensinamento, onde o pequeno ao ter a experiência com esses fatos fracassantes, gera uma força de dentro, que é um fator importantíssimo em seu desenvolvimento, tendo a capacidade de ser tolerante, e ter a capacidade de bater de frente com o mundo- não quer dizer que a vida seja precisamente uma dureza, mas ele saberá lidar com o estresse comuns na nossa vida adulta com experiência, paciência e superação.

Os pequenos são separados das frustações

Crianças muito descansadas de tudo são justamente elas as que mais vão se prejudicar enfrentando as situações em que os outros tem opinião contrária comparada a ela.

Quando escutarem sua primeira opinião que não bate com a dela, eles terão uma dificuldade maior de resolver esse caso, pois não tiveram quando eram pequenos, esse fator ensinado pelos pais, tão preciso para lidar de forma correta os sentimentos.

E isso faz com que uma interrupição no seu desenvolvimento, com os resultados tão essenciais quando as oriundas de negligências, como castigos fisícos que passam do limite ou o abandonamento afetivo.

Qual atitude tomar no caso de frustração da criança?

Quando você viver este momento de irritação da criança, como agir? escutando, escutando, e escutando.

Aconselhe e observe dentro de você como pode citar para seu filho o quanto aquele momento que ele está vivendo é essencial para seu desenvolvimento, e também parte importante da realidade de sua vida.

Detalhe a ele que o conquistar e o perder, a derrota e o triunfo são parte da jornada da vida, e que esses momentos são importantes para que eles saibam o que podem evoluir, e o que tenho vontade de ser melhor, e de evoluir, é o que muda nosso coração, mesmo que naquela hora seja complicado de entender.

Deixe com que ele se sinta estressado e pra baixo, só aconselhe suas tristezas, não vá destruir com aquele momento, conseguindo de outras maneiras, e não pela ignorância da criança, o que ele tem vontade, pois quando crescer, necessitará dessa parte da vida que era para ocorrer na fase infância para saber como tomar atitudes em casos semelhantes e que não terá nenhuma pessoa para tomar a atitude no lugar dele.

Faça uma grande parte desse momento de vida com ele, aconselhando, diminuindo o coração da criança, mas usando esses sentimentos para que ele saiba como tomar atitude.

Quando temos experiência com a realidade da vida, podemos observar para o passado e ter um sentimento no coração a enorme gratidão por mais uma chance.

E aí o que era pra ser horrível, se torna lindo, porque faz parte da vida.

O proteger das crianças vai muito acima do amor, esta também, a chance de eles terem todos esses fatores precisos para a jornada da vida, mesmo que em umas delas a criança aprenda em momentos delicados da vida, de um jeito amoroso, realizam a esses um caminho mais fácil e seguro.

Pais que tomam conta em excesso da criança, dão um modo de ver o mundo mentiroso, e que não poderá ser durada a longo tempo.

O Adulto terá e seu pensamento um pensamento de ser enganado e que não está preparado para viver essa complicada vida!!.

Fonte: https://blog.psicologiaviva.com.br