Você deve ter em mente que a industrial da construção civil tem classificação destaque na economia do nosso país e que é encarregado também pelo contingente de humanos que, de forma direta ou até mesmo indiretamente, emprega.

Porém o que você provavelmente não sabe é o lado dessa empresa que é encarregado por quase 50% do CO2 jogado na atmosfera e por cerca de metade da quantidade de produtos sólidos feitos em todo mundo.

Dessa forma, a construção civil se apresenta como vilã no quesito ambiental, pois a maior parte desses produtos sólidos não é encaminhada ao lugar certo, e terminam logradouros públicos.

Olhando por esse lado, politicas públicas no nosso país direcionadas ao gerenciamento de produtos pesquisam alterar essa situação e impulsionar as empresas a gerenciarem sua reprodução de produtos de uma forma mais segura, com o local final certo dos lixos. É nesse caso que o Plano de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil entra.

A Sustentação na Construção Civil

A Sustentação na Construção Civil

Mas então, o que significa isso?

O PGRCC é uma documentação técnica que serve para identificar a quantidade de cada um dos lixos sólidos. A criação e a imposição do PGRCC são totalmente obrigatórias às empresas que trabalha nessa área, e também a resolução CONAMA n 307/2002 que impõe a obrigação tanto para pequenos e também para grandes produtores.

Na hora da prática, todo empreendimento que faça atividades de obras como: reajustes, reparos e derrubados de construções, edificações e também estradas, lixos resultantes da remoção da vegetação e também escavações de pisos precisa desse tipo de documentação. Mas em que isso irá te auxiliar a sua indústria? Ou é só mais uma coisa que você terá que prestar atenção?

E se por acaso você quer saber mais sobre construção civil, e outros assuntos sobre esse tema você pode conferir em nosso site para maiores informações.